SOBRE O TEMPLO KONGOJI

Histórico do Templo Kongoji

Primeiramente.

O Shingonshu é um grupo budista que tem como princípio o Ensinamento Esotérico. É chamado de Esotérico pois seus ensinamentos são passados diretamente do mestre para o discípulo, e não publicamente.

No mundo, mesmo com seus avanços tecnológicos e o aumento de conhecimentos, ainda existem coisas impossíveis de compreender ou explicar. Atualmente, as coisas sem fundamento científico tendem a ser tratados com imprudência, e cada vez menos as pessoas mantém o espírito de veneração aos mistérios do universo. O Ensinamento Esotérico tem com objetivo desvendar esse mistério do universo. Na realidade, ensina que nós já conhecemos a resposta, só não temos consciência disso. Por exemplo, uma pessoa estudada, ao ver uma planta, é capaz de julgar e dizer se ela é venenosa ou medicinal, mas normalmente as pessoas pensariam que é somente uma planta. Da mesma maneira, nós convivemos com a “verdade” do universo na nossa frente, mas vivemos sem perceber o seu valor. O Ensinamento Esotérico ensina as formas de treinamento (provação) para reconhecer esses valores.

Às vezes o Ensinamento Esotérico é chamado de religião da prece de cura pela fé, ou religião de milagres, e às vezes é tratado como religião oculta. Segundo as escritas deixadas pelo Grande Mestre Kukai, o Ensinamento Esotérico significa: “Influência do Buda sobre os homens, e a alma do homens que recebe as influências”. Justamente quando esta relação entrar em sintonia, a vida do Universo irá se incorporar, sentindo que ela também está mantendo a vida, e perceberá a verdade na sua frente. Explica que ao se livrar das preocupações do dia-a-dia quando estiver no estado de unificação com a vida real, será possível demonstrar uma força inacreditável.

Em outras religiões budistas além do Ensinamento Esotérico, acreditam que para alcançar a iluminação divina, é necessário passar por várias provações, através de vários ciclos de reencarnação. No Ensinamento Esotérico prega que é possível alcançar a iluminação e torna-se Buda nesta mesma vida, chamando isso de “Sokushin Jôbutsu”. 

Uma característica marcante do Ensinamento, foi a procura da figura que guiou o Buda “Shaka” até a iluminação, assim sendo denominado Mestre Budista o “Dainichi-Nyorai”, que é a própria Verdade personificada.

O Kongoji

Kongoji é um Templo de ordem Shingonshu Koyassan situado na cidade de Suzano, estado de São Paulo, Brasil. Foi construído em 1955, sob a liderança do Bispo Meisho Oda (Primeiro Chefe Budista) com a ajuda das pessoas da comunidade nikkey que desejavam ter um templo de Shingonshu nesta cidade. O que era uma simples capela no início, graças ao esforço do Primeiro Chefe, dos monges e dos fiéis, aos poucos foi ampliando e sendo frequentado por várias pessoas. E ainda hoje o Kongoji continua desenvolvendo sob coordenação do Chefe Budista Taniguti, que sucedeu o Bispo Oda.

Dentro do Templo, há um salão (Hondo) principal, Santuário do Kôbo Daishi (Taishidô), Santuário do Fudô (Fudoudô), Santuário do Kannon (Kannondô) e Santuário do Jizô-Busatsu (Jizoudô).

Shinsonshu Koyasan (…Continuar a leitura…)

Instalações

Siga o Templo Kongoji nas Redes Sociais

Sobre Nós

Fundada em 1955, O Templo Budista Shingonshu Kongoji, está localizada na cidade de Suzano, São Paulo, Brasil e tem mais de 64 anos.

Posts Recentes